Jogar é decidir

Sempre que estamos abertos a novas possibilidades, percebemos que as oportunidades se transformam em “atalhos” para o início da realização dos desejos e dos sonhos. A capacidade de mudar o leme e traçar uma nova rota, seja na vida, no grupo, na comunidade, na empresa, está engastada na capacidade de decidir.

 

Decisão é algo que para muitos não consta no dicionário de suas vidas. Existem pessoas que tem como resultado de sua educação, de sua história de vida, a infeliz dificuldade de tomar decisões. São indivíduos que têm em seus modelos mentais a fragilidade emocional, dependência financeira, opressão social, apatia espiritual, mesmo quando intelectualmente privilegiados.
Quem não conhece alguém assim? São aquelas pessoas que nunca decidem.

Porém, não se joga sozinho. Precisa-se conhecer as regras, ser ensinado a jogar, ouvir a dica de quem já joga há mais tempo, se relacionar e observar as possibilidades.

Assim, um dia um grupo se arriscou numa nova possibilidade de viver, deixando as cavernas e assumindo riscos… Decidiu.

Eles saíram da “zona de conforto”. E você?

Quer uma dica? Lá vai: Nós chegamos até aqui por uma decisão…

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Marlisa Xavier disse:

    A “zona de conforto” nos faz perder o foco. Ouvir a dica de quem já joga há mais tempo, se relacionar e observar as possibilidades, é um grande incentivo para darmos um grande passo!

Deixe seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s