Papagaio come milho, Periquito…

wavy-parrot-eats-corn-12262817

A tal “Auto-Realização” de que fala o psicólogo americano Abraham Maslow pode ser vista como o patamar final das necessidades humanas. Segundo ele, depois de satisfeitas a Sobrevivência, a Segurança, a Socialização e a Auto-Estima, sobra-nos a necessidade de Auto-Realização. Talvez, num mundo mais “desenvolvido”, a pirâmide de necessidades de Maslow já esteja invertida… A Auto-Realização urge como uma necessidade humana primeira da pós-modernidade.

De fato, a maioria das recomendações para situações de Auto-Realização são: “não desista”, “mantenha o foco”, “agregue valor”, “dê a volta por cima”, “supere a si mesmo”, “seja um vencedor”… Porém, dificilmente alguém vai chegar até você para dizer: “Amigo, modéstia não é Anonimato…”. Isso significa que a Modéstia ou a Humildade não podem ser confundidas com o “não Aparecer” ou o “Anonimato”…

“Aparecer” não têm nada a ver com sua estatura física. Isso tem mais a ver com a maneira como você vê a si mesmo, pois é isso que você está apresentando de si para os outros. Se você quer dar um incentivo à sua carreira ou aos seus relacionamentos e, ao mesmo tempo, estar diante do justo reconhecimento necessário, você precisa pensar sobre esse tema.

Na verdade, não existe um remédio instantâneo para o “Aparecer”.  Todos nós queremos melhorar em alguma coisa. Mas nada impede que desejemos progredir. O problema é que existem muitas barreiras que atravessam o nosso caminho e, por conta disso, muita gente acaba desistindo de sair do “Anonimato” por achar que não precisa aparecer… O resultado é que no final vem outra pessoa e aparece em seu lugar…

O “humilde anonimato” só colabora com os outros e em nada serve para quem realmente foi, ou é o competente da história. Por isso, para Crescer é preciso Aparecer também!

Lembrei que em tempos de competitividade devemos atentar para a imagem de referência que deixamos para todos, pois sempre existe o papagaio e o periquito da fábula. Lembre-se que “Papagaio come milho e Periquito leva a fama”. Escolha ser sempre o papagaio e depois não reclame do que acontecerá com o seu futuro.

Diariamente, a minha produção tem se voltado para a orientações e desenvolvimento humano de forma pessoal e grupal. E a constatação é um fato, de que Desenvolver-se é próprio dos seres vivos, mas só o ser humano se preocupa com a sua Auto-Realização. Com seu propósito existencial. Assim, não podemos negar que somos influenciados e que influenciamos, que ficamos perplexos diante dos desafios atuais, e que somos resultado de nossas escolhas.

Um tal de Jesus foi o maior mestre sobre Auto-Realização pessoal que conheço, e de promoveu uma singular reflexão sobre a nossa condição humana. Ele não somente deixou ensinos profundos que têm influenciado o pensamento humano na civilização, como também viveu de um modo que nos intriga até hoje…

Não importa como você O estude, O conheça, seja do ponto de vista histórico ou do ponto de vista da fé, no entanto, Jesus de Nazaré serve como exemplo e referencial para um “comportamento responsável” de qualquer ser humano, em qualquer contexto até os dias de hoje.

Não me lembro de encontrar nesse nazareno uma atitude diferente da Modéstia ou da Humildade… No entanto, não foi jamais um Anônimo. Ele escolheu APARECER! Sabe qual foi a receita dele? Resultado.

Se você é o papagaio da história, pense nisso…

Anúncios

Deixe seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: